6.12.2016

Pra que?


:
Pra que bancos públicos, se já existem bancos privados?
Pra que mídia pública, se já existe mídia privada?
Pra que distribuir renda, se o mercado o faz?
Pra que partidos, se tem a mídia privada?
Pra que transporte publico, se tem o transporte privado?
Pra que saúde publica, se tem os planos privados de saúde?
Pra que educação publica, se tem a educação privada?
Pra que agricultura familiar, se tem o agronegócio?
Pra que ocupação de terras ociosas, se tem a moto serra?
Pra que bolsa família, se as pessoas não querem trabalhar?
Pra que minha casa, minha família, se tem tantos empreendimentos imobiliários?
Pra que internet livre, se desincentiva a concorrência?
Pra que Mercosul, Unasul, Celac, Brics, se tem os Tratados de Livre Comercio com os Estados Unidos?
Pra que direitos humanos, se tem as leis, as policias, os juízes e as prisões? 
Pra que tanta gente, se não tem emprego pra todo mundo?
Pra que liberdade individual, se tanta gente faz mal uso dela?
Pra que sindicato, se são as empresas que trazem progresso pro país?
Pra que contrato de trabalho pra empregada doméstica? Pra que?
Pra que pobre viajando de avião, se tem tanta rodoviária?
Pra que eleição, se tem pesquisa de opinião da mídia privada?
Pra que cultura, se tem televisão?
Pra que economia solidária, se tem economia?
Pra que Estado democrático de direito, se tem o Moro, o STF, o Lava Jato, o Janot?
Pra que tanta opinião, se tem o pensamento único?
Pra que tanto projeto diferente, se tem o Consenso de Washington?
Pra que governo, se tem o mercado?
Pra que presidente, se tem a Globo?
Escrito por Emir Sader
um dos principais sociólogos e cientistas políticos brasileiros.

Um comentário:

Antonio Celso da Costa Brandão Brandão disse...

Pra que tirar a presidenta Dilma