7.23.2010

SOMOS O QUE PENSAMOS E ACREDITAMOS SER


"... Modificando o seu pensamento, você modifica suas palavras; modificando suas palavras você modifica a sua maneira de ver o mundo, e desta forma modifica sua realidade."

..." As programações , positivas ou negativas, contidas no Subconsciente, são responsáveis por TUDO o que acontece na vida de um indivíduo. A mente humana
(subconscinte), grava e executa tudo o que lhe é enviado, seus ou de terceiros, sejam positivos ou negativos, basta que você os aceite.

"... O Subconsciente obedece ordens, comandos, diretrizes. Assim , muitas programações ficam gravadas, inconscientemente . Como?
Tudo aquilo que é repetido, ou que é vivenciado com emoção, ficará gravado no Subconsciente, tornando-se desta forma, uma Programação. Gravamos assim, sem perceber muitas programações negativas , que são feitas de forma incionsciente e que mais tarde, certamente poderão trazer aborrecimentos."

Observemos os noticiários que temos ao nosso dispor... notícia boa não vende jornal, não dá ibope, mas as ruins!!!! ah, estas sim, são carregadas de conteúdos que mexem com nossos sentimentos, e em doses mínimas e repetidas vão " minando'" nosso subconsciente e fazendo registros que não nos damos conta !!! os meios de comunicação vendem de tudo: doenças, escassez financeira, desafetos, desastres ecológicos... estar informado, é bem diferente do que sofrer antecipadamente.

..."É preciso que fiquemos atentos ao que pensamos e aceitamos como lei biológica. Temer ou valorizar algo, faz com que fiquemos sujeitos a ele.
A previsão mata mais que a doença em si".
Quando percebemos que a imagem que temos da doença tomou forma em nós, torna-se necessário substituir imediatamente a imagem formatada por uma outra, relativa ao estado de saúde desejado, e não ficar preso, temendo a doença em si.
Saber pedir , entregar e confiar . Fazer o que é possivel ser feito naquele momento, com convicção absoluta do que realmente deseja. " Segundo a tua crença, assim se fará".

É crucial deixar que os nossos talentos floresçam; qualquer atividade que nos propicie um sentimento de propósito e realização, que nos faça contentes por estarmos vivos, pode ajudar-nos a cuidar do nosso cérebro, e nutri-lo.
Muitas pessoas deixam para mais tarde na vida fazer aquilo que gostam, ou o que sabem que precisam fazer por si mesmas, tentando livrar-se primeiro das exigências que o mundo lhe impos.
É muito melhor que asseguremo-nos de que parte de nossas vidas é consumida em atividades em que podemos empenhar desde já com todo o coração, mente, energias e alegrias.
Encontre uma missão em sua vida; o trabalho de que se gosta é ainda mais poderoso, porque nos proporciona um sentimento de realização pessoal, de prazer e bem estar. A paixão CURA!
myrianmarinosoares.blogspot.com/2009_05_01_ar...

A mente humana grava e executa tudo que lhe é enviado, seja através de

palavras, pensamentos ou atos, seus ou de terceiros, sejam positivos ou


negativos, basta que você os aceite. Essa ação sempre acontecerá,


independente se traga ou não resultados positivos para você.

Um cientista queria provar essa teoria. Precisa de um voluntário que


chegasse às últimas conseqüências. Conseguiu um em uma penitenciaria. Era


um condenado à morte que seria executado na cadeira elétrica. Propôs a ele o


seguinte: ele participaria de uma experiência científica, na qual seria


feito um pequeno corte em seu pulso, o suficiente para gotejar o seu sangue


até a ultima gota final. Ele teria uma chance de sobreviver, caso o sangue


coagulasse. Se isso acontecesse, ele seria libertado, caso contrário, ele


iria falecer pela perda do sangue, porém, teria uma morte sem sofrimento e


sem dor. O condenado aceitou, pois era preferível do que morrer na cadeira


elétrica e ainda teria uma chance de sobreviver.

O condenado foi colocado em uma cama alta, dessas de hospitais e amarram o


seu corpo para que não se movesse. Fizeram um pequeno corte em seu


pulso.Abaixo do pulso, foi colocado uma pequena vasilha de alumínio. Foi


dito a ele que ouviria o gotejar de seu sangue na vasilha. O corte foi


superficial e não atingiu nenhuma artéria ou veia, mas foi o suficiente


para ele sentisse que seu pulso fora cortado. Sem que ele soubesse, debaixo da


cama tinha um frasco de soro com uma pequena válvula. Ao cortarem o pulso,


abriram a válvula do frasco para que ele acreditasse que era o sangue dele


que está caindo na vasilha de alumínio. Na verdade, era o soro do frasco


que gotejava.

De 10 em 10 minutos, o cientista, sem que o condenado visse, fechava um


pouco a válvula do frasco e o gotejamento diminuía. O condenado acreditava


que era seu sangue que está diminuindo. Com o passar do tempo, foi perdendo


a cor e ficando cada vez mais pálido. Quando o cientista fechou por


completo a válvula, o condenado teve uma parada cardíaca e faleceu, sem ter 


perdido sequer uma gota de sangue.

O cientista conseguiu provar que a mente humana cumpre, ao pé-da-letra,


tudo que lhe enviado e aceito pelo seu hospedeiro, seja positivo ou negativo e


que sua ação envolve todo o organismo, quer seja na parte orgânica ou


psíquica.

Essa história é um pouco triste, mas é um alerta para filtramos o que


enviamos para nossa mente, pois ela não distingue o real da fantasia, o


certo do errado, simplesmente grava e cumpre o que lhe é enviado. "Quem


pensa em fracassar, já fracassou mesmo antes de tentar".


A estória é muito triste, sem dúvida. 

Quanto a sermos quem pensamos ser?

Temos uma dose de bondade conosco, nos sentimos um pouco


inteligentes, de uma certa maneira com alguma cultura, achamo-nos

 até simpáticos, gentís com todos, acreditamos na solidariedade,

 procuramos entender as pessoas, mas...............

esquecemos o nosso lado mauzinho, aquele que critica, que encontra 


defeitos, que quer que todos se nos espelhem, disso não falamos e 

quando ouvimos dizer...não acreditamos.

Somos uma simbiose de defeitos e qualidades, para amigos suportáveis


 e para os desinteressados absolutamente irritantes.

Retrato falado de nós mesmos? Só nosso espelho sabe, que reconhece 


nosso mau humor, nosso brilho, ou alegria.

Tentar o auto-conhecimento é uma ajuda! Tornar-nos-á melhores!


LUZ! AMIGA! Conhecer nossas realidades é o 1º passo!

Somos o que pensamos e acreditamos ser.

Nenhum comentário: